novembro 14, 2018

Foicebook ☭​

Mais Nocaute

Corner

“Quem está preso não é o Lula, pessoa física. Quem está presa é a esquerda brasileira, é a classe trabalhadora brasileira. O companheiro Lula só está preso porque é a simbologia maior de tudo isso. Vamos reforçar o time aqui em Curitiba. Nossa ideia é que tenha no mínimo uns 500 companheiros aqui [na Vigília Lula Livre], outros 500 na Justiça Federal. Não vamos deixar o companheiro Lula ir sozinho. Ele tem de sentir que atrás dele tem a classe que ele representa.”

(João Pedro Stédile, do MST, sobre o depoimento de Lula, nesta quarta.)