julho 23, 2019

Crônicas gráficas

Cronistas

Veja todas as crônicas gráficas de um autor

Foicebook ☭​

Mais Nocaute

Vídeo do dia

Índio dá pito em cara-pálida.

Em Alter do Chão, Pará, chefe da tribo fala poucas e boas para o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Índio dá pito em cara-pálida.

Foto do dia

Corner

A Semana do Presidente
Aos poucos, o SBT de Silvio Santos vai se revelando uma emissora quase que oficial do governo de Jair Bolsonaro, talvez querendo pegar o posto da RecordTV, a rede que está a seu lado (do atual governo). Nos últimos dias, o presidente participou do programa dominical do dono e animador do canal, fazendo propaganda do seu governo. Participou também do Programa do Ratinho, programa em que o ministro Sergio Moro também já foi. No Ratinho, Bolsonaro só ouviu elogios e prometeu ir ao programa A Praça é Nossa, de Carlos Alberto da Nóbrega, aquele que Bolsonaro fez questão de abraçar e elogiar, em Brasília. Semana passada, dois de seus filhos participaram de um jogo de conhecimentos gerais no mesmo programa do Silvio, em que não souberam responder quem foi o presidente da República que proibiu o biquíni e renunciou, ambos um zero à esquerda em política. No fim de semana, nas redes sociais, um dos diretores da emissora, Fernando Pelegio, defendeu abertamente o governo, afirmando que a Ancine deve mesmo fazer um filtro para escolher os filmes que receberão ajuda financeira do governo. No entanto, no último domingo (21), foi hilário ver uma gincana em que Silvio perguntou quem é “bandido, valentão e marginal”. Uma mulher do auditório não titubeou, foi ao microfone e gritou: Bolsonaro! Silvio Santos fez cara de parede e o programa prosseguiu.

Corner

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no vk
Compartilhar no email