Brasil

Presidente não governa sozinho. Quem você elegerá para o Congresso?

Esse pessoal que está votando essas pautas bombas, um negócio completamente desmiolado. Vamos anotar esses nomes com cuidado, em cada estado brasileiro. Com muito cuidado, para impedir que eles continuem destroçando esse país.

Falta pouco para as eleições de outubro. E se o cenário presidencial continuar nebuloso, complexo, inquietante, preocupante, eu acho que está na hora da gente começar a pensar no Congresso. A gente foca muito na questão de governadores, na questão de presidentes. Por exemplo, no Rio de Janeiro votar em quem para governo?

Está complicada a coisa.

Agora, eu acho que a gente devia se preocupar com o Congresso. Por quê?

A atual legislatura, e eu não canso de dizer isso, é a de mais baixo nível intelectual, ético, moral, político desde a volta democracia. E essa reforma eleitoral que foi feita pode até ser que a ideia, o objetivo fosse bom, mas o resultado é péssimo. Porque diminui muito a capacidade de renovação do Congresso.

Se a gente for observar bem, tanto no Senado como na Câmara, o bloco chamado progressista, aquele que pode ter um compromisso social, que pode tentar melhorar a situação brasileira, combater a desigualdade, combater a entrega do patrimônio nacional, é pequeno. A gente perdeu, sempre.

E o próximo presidente, seja quem for, seja o Lula, seja quem for, vai encontrar um país em frangalhos, um país destruído.

Um camarada chamado Elcinho Mouco, que é o marqueteiro do Temer, foi muito injustiçado. Ele foi muito criticado, por uma vírgula. Porque ele diz: Brasil voltou, vinte anos em dois. Essa vírgula, foi uma vírgula infeliz. Porque ele disse a verdade. É muito complicado marqueteiro dizer a verdade: O Brasil voltou vinte anos em dois. Portanto, quem vier vai enfrentar um país esfrangalhado, um país despedaçado.

E vai ter, de alguma maneira, de contar com apoio no Congresso.

Eu estou pensando sempre em uma vitória do Lula ou de alguém indicado por ele. Alguém do campo progressista, que tenha compromisso de verdade com esse país.

Então, é a hora da gente pensar com muita calma quem vai para Brasília para impedir que esse bando de sacripantas continue a dominar a política brasileira. Portanto, quem votou a favor dessa barbaridade que o  Michel Temer chama de reforma trabalhista, quem votou a favor do impeachment, a favor do golpe institucional contra a presidenta Dilma Rousseff.

Quem está votando essas pautas bombas, um negócio completamente desmiolado.

Vamos anotar esses nomes com cuidado, em cada estado brasileiro. Com muito cuidado, para impedir que eles continuem destroçando esse país.

Mais Nocaute:

Os primeiros passos de Lula, Manuela e Haddad

 

Alberto Villas estreia no Nocaute com o “Copidescando”. Os jornalões que se cuidem.

Notícias relacionadas

  1. Ruy Mauricio de Lima e Silva Neto says:

    Sem dúvida, Eric, é absolutamente crucial e urgente, De nada adianta eleger um presidente progressista e ter o seu programa sabotado por este Congresso de canalhas e esta imprensa de Merda.

A sua opinião é importante, comente!