Home Notícias publicadas porPaulo Kliass
Brasil
O economista Paulo Kliass aposta na volta do tema "comportamento do setor externo" na agenda política do país depois do carnaval. Paulo Guedes, cedendo à chantagem do mercado financeiro contra economia brasileira, acaba de queimar 30 bilhões de dólares das nossas contas e transferi-los para os caixas das grandes instituições financeiras internacionais e nacionais. Ler mais
Brasil
Na coluna desta semana, o economista Paulo Kliass comenta a polêmica declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, que chamou os servidores públicos de parasitas. “Parasita é você e o sistema financeiro que você trabalhou sua vida inteira, ganhando milhões do orçamento público sem fazer absolutamente nada. Essa é a essência da atividade do sistema financeiro.” Ler mais
Brasil
Na coluna desta semana, o economista Paulo Kliass fala sobre a aprovação, na semana passada, na Câmara dos deputados do Projeto de Lei que privatiza o sistema de fornecimento de água e de saneamento. “Isso é transferir um direito de cidadania previsto na nossa Constituição para o capital privado. Olho firme para impedir que, dessa vez, na segunda votação na Câmara dos Ler mais
Brasil
Está em tramitação, a toque de caixa e na surdina, 3 PECs para resolver o que eles chamam de emergência da crise fiscal. Guedes quer reduzir compulsoriamente os salários dos servidores, o que é inconstitucional. Fiquemos atentos porque no mês de dezembro isso pode ser um péssimo presente de Natal para os servidores públicos. E para toda a população que terá uma baixa na Ler mais
Brasil
Em sua coluna semanal, o economista Paulo Kliass faz um balanço da reunião dos Brics que aconteceu na última semana em Brasília. O governo Bolsonaro percebeu que seu dogmatismo extremista comprometeu os negócios. “Ficou claro que, daqui pra frente, as relações de submissão completa ao Trump serão relativizadas. Por uma razão muito simples: negócios.” Ler mais
Brasil
Na coluna desta semana, o economista Paulo Kliass fala sobre a estratégia do governo Bolsonaro em aniquilar o projeto de soberania estratégica e energética do Brasil, que são as reservas de pré-sal. Houve uma grande frustração porque as empresas não demonstraram confiança no governo e preferiram esperar para investir. “A entrega não se confirmou, o que nos dá um ânimo Ler mais