América Latina

A destruição da Unasul é parte do processo de subordinação total aos Estados Unidos.

Em sua coluna no Nocaute, o ex-chanceler e ex-ministro da Defesa, Celso Amorim, comenta a saída do Brasil da Unasul. “É lamentável a política de destruição praticada por Bolsonaro. A América do Sul estava criando uma consciência de si própria. Houve uma integração real: avanços em comércio, infraestrutura, investimentos. Em duzentos anos de História era a primeira vez que a América do Sul tinha uma entidade política e institucional.” 

Notícias relacionadas