Brasil

Anita Prestes: “O único meio de derrotar o candidato da direita é votar em Fernando Haddad”.

Uma avalanche de autoritarismo, de violência e de terror fascista tomou conta do Brasil nas últimas semanas, culminando com a expressiva votação obtida pelo capitão Jair Bolsonaro no primeiro turno das eleições presidenciais deste ano.

É urgente que os homens e mulheres de bem, que não aceitam o emprego da violência como solução para os sérios problemas que afetam o nosso país, se mobilizem e se unam para derrotar Jair Bolsonaro – o candidato da extrema direita, o porta-voz dos torturadores, dos adeptos da discriminação e da violência contra as mulheres, os negros, os índios, os nordestinos, os LGBT, as minorias, os movimentos sociais; o porta-voz dos defensores da eliminação física de criminosos, adultos e menores, de todos que não acatarem suas ideias de exclusão social.

Neste grave momento, em que inexiste no país um movimento popular organizado, o único meio de derrotar o candidato da direita é o voto, no segundo turno, em Fernando Haddad.

Deixemos de lado as sérias restrições que devem ser feitas às políticas até hoje adotadas pelo PT e seus governos, deixemos de lado as críticas que podem ser levantadas a essa candidatura, as antipatias, o ódio disseminado pelos adeptos da violência fascista, e nos mobilizemos pela conquista da unidade de amplos setores nacionais – partidos, sindicatos, associações, movimentos sociais, entidades estudantis – visando derrotar o fascismo, derrotar os inimigos do progresso social e da democracia em nossa pátria.

Todos unidos pela derrota do fascismo! Votemos em Fernando Haddad!

Rio de Janeiro, 12 de outubro de 2018.

Anita Leocadia Prestes

Notícias relacionadas

  1. José Eduardo Garcia de Souza says:

    Não vai funcionar. Haddad ficou marcado como o “poste do Lula” e Lula e o PT , hoje, são sinônimos de desgoverno para a maioria das pessoas. Bolsonaro é um boçal, mas o PT foi extremamente estúpido.

  2. O PT necessita urgentemente de fazer uma autocritica e entender que os tempos mudaram……falam muito no que vão fazer e nenhuma menção aos seus malfeitos. O PT PRECISA SER SALVO DELE MESMO.

  3. José Eduardo Garcia de Souza says:

    Não vai acontecer. A verdade é que o PT e Lula viraram anátema para a maior parte da sociedade e Haddad, por mais que queira esconter ser o “poste de Lula”, não consegue se dissociar dele.

A sua opinião é importante, comente!