Brasil

Alberto Villas coloca no eixo as principais manchetes da grande imprensa

Olá pessoal do Nocaute, vamos ver as manchetes dessa semana e o que precisou ser copidescado pelo Nocaute.

Vamos começar pelo site G1 que diz o seguinte: Só 2 de 13 candidatos a presidente citam preservação de museus em planos de governo. Eu achei melhor dar nome as pessoas, então ficou assim: Só Lula e Marina citam preservação de museus em planos de governo.

A segunda vem da famosa revista Veja, sempre presente aqui no Copidescando. A manchete deles diz o seguinte: Bolsonaro tem encontro com João Roberto Marinho. Aí eu completei: Bolsonaro tem encontro com João Roberto Marinho para discutir editorial.

Voltamos para o site G1, que a manchete diz o seguinte: Ministério Público entra com ação contra Alckmin por suposto caixa dois em campanha de 2014. Aí eu completei: Ministério Público entra com ação contra Alckmin por suposto caixa dois em campanha de 2014 mas ele continua candidato.

O seguinte é a manchete da Folha de S.Paulo que diz: Alckmin candidato comete ‘falsidades’, diz Temer em vídeo. Eu achei que ficava melhor assim: Alckmin candidato comete ‘falsidades’, diz Temer em vídeocassetada.

O outro nós vamos para o Bolsonaro, no site UOL, a manchete principal diz o seguinte: Segundo suspeito por ataque contra Bolsonaro é detido em Minas Gerais. Aí eu copidesquei e fiz um título que é quase um editorial: Segundo suspeito por ataque contra Bolsonaro é detido em Minas Gerais em poucas horas, enquanto, seis meses depois, nenhum suspeito do assassinato de Marielle ainda foi preso.

Agora nós vamos para o Globo, que diz o seguinte: Jair Bolsonaro deixa leito e posa para foto em poltrona da UTI. Eu dei uma acrescentada e coloquei assim: Jair Bolsonaro deixa leito e posa para foto incitando a violência  em poltrona da UTI.

E vamos agora para o Diário de Pernambuco, que saiu com a seguinte manchete: Foi com uma faca, mas poderia ter sido uma arma, ressalta Flavio Bolsonaro. Eu dei uma copidescada e ficou assim: Foi com uma faca, mas poderia ter sido uma arma que meu pai tanto incentiva, ressalta Flavio Bolsonaro.

Essa semana foram essas as manchetes, mas semana que vem com certeza vai ter mais! Um abraço!

Notícias relacionadas

A sua opinião é importante, comente!