Brasil

A mídia continua escondendo o candidato Lula, mas o tiro está saindo pela culatra.

Em sua coluna semanal no Nocaute, Altamiro Borges comenta o vexame da mídia brasileira ao não dar destaque à resolução da ONU que pede que os direitos de Lula como candidato sejam respeitados mesmo que ele esteja preso.

Na semana passada a mídia monopolista brasileira passou mais um vexame internacional. Ela fez de tudo para esconder a resolução do Comitê de Direitos Humanos da ONU, que recomendou que os direitos políticos de Lula como candidato sejam respeitados.

Para se ter uma ideia, a resolução, que é de forte impacto, ganhou quinze segundos no Jornal Nacional, da TV Globo, e no dia seguinte não foi manchete e nem capa dos grandes jornalões do país.  

Após ocultar essa resolução da ONU, a mídia ainda tentou desqualificá-la. Alguns colunistas globais, como Carlos Alberto Sardenberg, que é o porta-voz dos rentistas dos banqueiros da Rede Globo, produziram vários Fake News sobre o assunto. Eles até me fizeram lembrar os talibãs no Afeganistão, que é o único país que não reconheceu uma resolução da ONU parecida com essa.

Esse vexame entra para história do jornalismo brasileiro. No mundo inteiro os principais veículos de comunicação deram destaque para resolução da ONU. O ex-chanceler Celso Amorim chegou a dizer que desconsiderar essa resolução da ONU coloca o Brasil como um pária internacional.

Eu diria, pegando carona no Celso Amorim, que a mídia brasileira  virou uma pária internacional do jornalismo. Essa decisão de ocultar, ou de desqualificar essa resolução, está seguindo uma linha editorial que a mídia monopolista fixou. Ela está procurando ao máximo esconder Lula. Só fala do Lula para falar mal.

Então é uma soma, você teve essa resolução da ONU, ocultada e desqualificada. Mas por exemplo, nós temos sete ativistas de movimentos sociais, do MST, do Movimento de Barragens, que estão em greve de fome desde o dia 31 de julho, há mais de vinte dias em greve de fome. Alguns deles de cadeira de rodas. E a mídia não fala nada, parece esperar o pior.

Ela também não deu qualquer destaque para uma marcha que saiu de vários cantos do Brasil e juntou cinco mil camponeses que foram a Brasília para o registro da candidatura do presidente Lula e para exigir a liberdade do presidente Lula. O ato em Brasília reuniu cerca de quarenta mil pessoas, mas isso não foi destaque nos telejornais da mídia monopolista.

Bem diferente da postura que a mídia adotou nas marchas golpistas pelo impeachment da ex-presidenta Dilma. Naquela ocasião a mídia mexeu na grade de programação, chegou a mexer com horário de partida de futebol, mas dessa vez a mídia escondeu o ato.

Ela já tinha feito isso poucos dias antes no “Festival Lula Livre”, que reuniu trinta mil pessoas, alguns falam em cinquenta mil pessoas, nos Arcos da Lapa, no Rio de Janeiro. Reuniu artistas renomados, músicos renomados, como Chico Buarque e Gilberto Gil e vários outros e mídia também não deu qualquer destaque.

Ou seja, a mídia segue no seu esforço de ocultar o candidato Lula, oculta inclusive uma decisão da ONU, oculta, por exemplo, uma mensagem do Papa Francisco ao presidente Lula lá em Curitiba, que foi levada também pelo ex-chanceler Celso Amorim e pelo Prêmio Nobel da Paz, Pérez Esquivel.

A mídia tem feito de tudo para esconder, até agora não está dando resultado, pesquisa divulgada esta semana da CNT/MDA, mostra que o Lula está com 37% das intenções de voto, ganharia as eleições no primeiro turno. Isso porque ele segue preso em um cárcere gelado em Curitiba, e isso apesar de toda a operação de sabotagem da mídia. Vamos ver o que vai dar essa história.

Lula é líder isolado na corrida presidencial, segundo Ibope

Notícias relacionadas

  1. Avatar
    Carlos Santiago says:

    Lula, só está preso porque contrariou os interesses da elite colonialista, e escravocrata desse país chamado República das bananas que se tornou o Brasil. É vergonhoso morar num país onde o judiciário se passou pelo papel ridículo em dar um golpe em consórcio numa presidente honesta, eleita com mais de 52 milhões de votos, sem cometer nenhum crime de responsabilidade fiscal, e jogar o país nas mãos de um bando de larápios que estão a serviço do mercado financeiro internacional, apoiados pelo pior congresso de todos os tempos, cujo deputados e senadores vem entregando a riqueza do nosso povo aos abutres selvagens do capitalismo financeiro, num verdadeiro crime de lesa pátria que envergonha o mundo com uma prisão injusta, seletiva, parcial, caluniosa, contrariando a comunidade de juristas legalistas que rejeita uma condenação política, cuja denúncia pelo Ministério Público acusa o ex presidente Lula de uma coisa, enquanto o juizeco Sérgio Moro, o condena por outra, inclusive contrariando a causa do juíz natural, uma vez que os crimes imputados diz respeito a jurisdição em São Paulo, mas por “convicção”, encontraram uma “conexão”, com a petrobrás, para entregar o presidente Lula nas mãos do carrasco Sérgio Moro, para cumprir o “grande acordão”, segundo o bandido “Jucá”, que disse que seria “com o Supremo com Tudo”, por isso o maior líder político de todos os tempos está preso, porque se soltar, vira presidente de novo e desfaz toda essa maldade que fizeram contra o povo brasileiro, revogando todos os atos do golpista michel temer, um dos maiores traidores dentre todos que o mundo já conheceu! Fora infeliz, filho da puta!!!
    #LULAPRESIDENTE2018
    #FÁTIMAGOVERNADORA2018
    #MINEIRODEPUTADOFEDERAL2018
    #SARGENTOREGINADEPUTADAESTADUAL2018
    #ALEXANDREMOTASENADOR2018
    #ZENAIDEMAIASENADORA2018
    VIVA A VITÓRIA POPULAR!
    Carlos Santiago

A sua opinião é importante, comente!