FHC pediu dinheiro a Marcelo Odebrecht: “O de sempre”, diz o email.

1
Foto: EBC

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pediu a Marcelo Odebrecht, ex-presidente e herdeiro do grupo Odebrecht, fundos para a campanha ao Senado dos tucanos Antero Paes de Barros (MT) e Flexa Ribeiro (PA). As doações foram realizadas, mas não constam na prestação de contas dos candidatos ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Os pedidos foram feitos por e-mail e encontrados pela Polícia Federal nos discos rígidos do computador do empresário. Os documentos foram anexados a um dos processos da Operação Lava Jato contra o ex-presidente Lula.

No primeiro, intitulado “Pedido”, de setembro de 2010, FHC diz que está enviando um “SOS’ ao empresário: “O candidato ao Senado pelo PSDB, Antero Paes de Barros, ainda está em segundo lugar, porém a pressão do governismo, ancorada em muitos recursos, está fortíssima. Seria possível ajudá-lo? Envio abaixo os dados bancários”.

Marcelo Odebrecht responde que o ex-presidente pode ficar tranquilo e que depois dará o “feedback” dos demais “apoios e reforços”.

O segundo e-mail, também de setembro de 2010, tem como assunto: “O de sempre”. Nele FHC se desculpa pela insistência e pede dinheiro para Flexa Ribeiro.

Emails trocados entre Marcelo e André Amaro, presidente da Odebrecht Defesa e Tecnologia, com o assunto “iFHC”, também falam de contribuições da empreiteira.

Procurado pela revista Veja, o ex-presidente respondeu: “Posso ter pedido, mas era legal. Não sei se deram e não foi a troco de decisões minhas, pois na época eu estava fora dos governos, da República e do Estado”.

Leia aqui a íntegra do laudo da Polícia Federal

FHC foi citado na delação premiada de Emílio Odebrecht, pai de Marcelo, que relatou pagamentos de caixa dois a campanhas do tucano em 1993 e 1997. Em julho de 2017, a Justiça Federal de São Paulo arquivou a investigação sobre os supostos delitos.

Mais Nocaute:

Aécio, o playboy provinciano, está por trás da destruição que estamos assistindo no país

Aloysio Nunes foi aos EUA para conspirar com o que há de pior no governo Trump

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here