Nosso desafio é a revogar as reformas que destruíram os direitos trabalhistas

6

 

A Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito, da qual eu sou um dos coordenadores, está, também, acampada em Curitiba, dando apoio ao ex-presidente Lula, e protestando por sua prisão indevida, que nos faz considerá-lo como preso político.

Depois da exposição da fraude do triplex, o mínimo que se espera é a revisão do julgamento, quando não, a punição do juiz.

Contudo, não podemos permitir que a direita nos aprisione em Curitiba.

Leia também:

Juíza nega visita de Dilma, Gleisi e Ciro Gomes a Lula na prisão em Curitiba

José Dirceu: o fio da história do Brasil não é o fio das forças da direita.

Enquanto lutamos pela soltura do ex-presidente, que devemos fazer sem esmorecer, a Medida Provisória que alivia Reforma Trabalhista caducou na Câmara Federal sem alarde. E o ludibrio aos trabalhadores, diga-se de passagem, sem a mínima reação por parte das centrais sindicais, se estabelece definitivamente. O trabalho está legalmente, precarizado, quando não, análogo à escravidão.

Os ruralistas, ostensivamente, assumiram o controle da Funai, na prática. Em menos de um ano já derrubaram dois presidentes da entidade. O primeiro foi o pastor Antonio Costa, que resistiu à pressão da bancada ruralista e denunciou desmonte da política indigenista; agora é Franklimberg Freitas que entrega seu pedido de demissão, após, mais uma vez, forte pressão da bancada ruralista.

A verba de proteção aos indígenas e de demarcação de suas terras caiu 65% em quatro anos. A bancada BBB domina a política indigenista do governo.

A mais recente edição brasileira do jornal Le Monde Diplomatique estampa a manchete de que as eleições podem estar ameaçadas. Aliás, já havíamos dito, aqui no Nocaute, que ninguém dá golpe de Estado para devolver o poder em dois anos.

O articulista da edição brasileira do jornal francês pondera sobre o que haveria se houvesse intervenção, à semelhança do Rio de Janeiro, em outros estados.

Segundo, a matéria, o general que propôs intervenção militar no país, como solução para a crise, não só não foi punido, como se apresentou para concorrer à presidência do Clube Militar, com o apoio do presidente que sucederia.

Todas essas possibilidades de manobra causam uma justificável preocupação com as eleições.

A pressão dos ruralistas pode levar à aprovação do polêmico projeto que muda as regras de licenciamento ambiental, a uma votação sem debate com a nação.

Além disso tudo, nosso grande desafio, se houver eleições, é a renovação do Congresso, senão, a revogação dos efeitos das reformas e medidas de toda ordem, que destituíram os trabalhadores de seus direitos e puseram em risco futuro do país, não será possível.

Definitivamente, temos de lutar pela libertação do ex-presidente Lula, além de estar ao seu lado em Curitiba. Contudo, não podemos nos deixar aprisionar pelos agentes do golpe, precisamos lutar em todas as frentes de batalha.

Nosso luto vem do verbo lutar!

Cineastas de todo o Brasil protestam contra a demolição da Democracia pelos golpistas de 2016

6 COMENTÁRIOS

  1. O Sr trocou a pregação do evangelho de Jesus que trás transformação e vida ao ser humano perdido por uma iniciativa política partidária tendo como prioridade não a política em si, mas a polititicagem e políticos de estimação. Deixando de verificar as verdades para se firmar em ideologias mundanas.
    Lamentável, Sr Ariovaldo Ramos!

  2. Equivocam-se aqueles que pensam que a pregação do Evangelho se faz apenas dentro das igrejas e numa linguagem limitadamente religiosa. No campo social, a mensagem do Evangelho assume uma linguagem social. A defesa da justiça do Reino de Deus não deve encontrar fronteiras.
    A pregação do Evangelho não é neutra no campo político. Vejo até muitos pregadores de direita anunciando livremente seus ideais, sem serem perseguidos.
    Toda força, pastor Ariovaldo!
    Sua pregação nos motiva a seguirmos sinalizando o Reino de Deus e sua justiça!

  3. Ari, gosto da sua pessoa, tem dois livros seus, assisti várias pregações…digo para meus amigos, que e a melhor leitura da aplicacao do evangelho, mas você está diferente, está mudado….deixou pra trás, de pregar, o evangelho confrontador de Cristo…é minha percepção.

    Não vejo problemas na participacao da igreja/evangelho com os aspectos politicos da nossa sociedade…estamos ai pra isso, e muito mais; essencialmente, a ajudamos a sociedade quando vivemos como nos ensinou nosso Senhor. Evangelho tem muito mais do que justica social e grave não dize-lo, não mostra-lo

    Adotou discurso cheio de clichês dos movimentos que apoiam ex presidente Lula, repetidos sem sensatez por um bando de gente que só faz maldade e defende interesse pessoais e mesquinho, muito diferentes de você Ari e da sua boa reputação.

    Ari é bom estar no meio dos militantes! faça isso sim! mas não para confrontar os que nao cometeram crimes; não para julgar os que estão fora dessa sujeirada toda.

    Diga pra nós…quem roubou, enganou, se apropriou nossos impostos a seus interesses próprio? Não importa partidos…me parece que boa parte da classe política tem algum envolvimento ilícito

    Fiquei impressonando que nesse caminhao que subiu nao confrotou, não disse que roubar é pecado, tentar roubar é pecado…nao passou nenhum principio…so defendeu quem está acusado ou condenado..

    Fiquei surpreso….que nao vi no seu discurso confrontacao de práticas erradas de quem defendia…

    Sera que tudo isso é mesmo um circo montado pela direita golpista, impressa, etc?

    Vi sua entrevista no Kfouri….me passou pela cabeça..como seria, Apostolo Paulo, Cristo sendo tão elogiado com você foi…por cabeças que militam contra Seu Reino, que o negam…

    Talvez eu tenha aprendido tudo errado esses anos todos..

    Você é precioso na interpretacao do envangelho, e nao é pelo que vi naquele caminhão, ou naquela entrevsta…

    Nao lhe quero mal…Deus te abençoe

    Mas estou triste..e desculpe se te parece uma crítica..é e não é …
    Abc

  4. Acredito que lutar a favor do Lula é no mínino um falta de bom senso. Custo a crer que alguém acha que ele é inocente, e não estou falando de perseguição política, e sim de roubar ou não.

    Volte para a palavra e oração. Tem coisas muito mais importantes no reino de Deus pra você fazer do que defender o Lula.

    O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; todos os que cumprem os seus preceitos revelam bom senso.
    ‭‭Salmos‬ ‭111:10‬

  5. É triste ver um homem que eu tinha como modelo de fé e mordomo de Cristo se tornar apenas militante politico de esquerda…esquerda esta que defende aborto, ativismo gay, liberação das drogas, invasão de propriedade alheia, odeia Israel e defende Palestina…enfim..o senhor se tornou o Malafaia da esquerda. Volta ao caminho que ainda dá tempo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here