Datafolha: Mesmo preso, Lula tem o dobro de votos do segundo colocado

0

Mesmo após a prisão do ex-presidente Lula, o petista continua liderando todos os cenários possíveis para as eleições presidenciais de 2018. Segundo pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (15), ele aparece com 31% dos votos, o dobro do segundo colocado, Jair Bolsonaro, que tem 15%.

Atrás vêm Marina Silva, com 10%, Joaquim Barbosa, com 8%, Geraldo Alckmin, com 6%, Ciro Gomes, com 5%, Alvaro Dias, com 3%, Manuela D’Ávila, com 2%, Fernando Collor, com 1%, Henrique Meirelles, com 1%, Rodrigo Maia, com 1% e Flávio Rocha, com 1%.

Segundo análise de diretores do Datafolha, nas intenções de voto que permitem comparação, como as de segundo turno, as variações observadas mostram estabilidade. O levantamento também revela que o potencial de Lula como cabo eleitoral continua forte. Quase metade dos eleitores se declara disposta a votar em alguém apoiado por Lula: 30% dizem que o fariam certamente e 16% talvez. Entre lulistas, 66% votariam no indicado pelo ex-presidente com certeza e 21% talvez.

E a rejeição à sua candidatura, ao invés de crescer depois da prisão, caiu quatro pontos percentuais.

Ainda de acordo com os pesquisadores, apesar de não ser possível comparar as intenções de voto de primeiro turno deste levantamento com anteriores, a queda de 37% para 31% provavelmente não se deve a arranhões na imagem de Lula, mas à improbabilidade de sua candidatura.

A pesquisa mostra também que o país está dividido sobre a possibilidade do ex-presidente disputar as eleições: para 50%, Lula devia ser barrado; para 48%, não.

Fernando Morais faz maratona de entrevistas sobre a prisão de Lula

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here