Brasil

JFT: Bolsonaro agora quer evangélico no STF

Hoje temos os rescaldos da megamanifestação de ontem. Os cálculos mais conservadores falam em um milhão de pessoas na rua, mas tem gente dizendo que, bem somadas, chegam a dois milhões marchando contra o capitão. O qual, aliás, depois de prometer uma vaga do STF ao Moro, hoje disse que gostaria de ver um evangélico no STF. E mais: em entrevista à Veja, o referido Bolsonaro diz que tem chorado muito de angústia: “Imaginava que ia ser difícil, mas não tão difícil assim.” Hoje parece que é só Bolsonaro. Ele afirmou também que vetará o transporte gratuito de bagagens em viagens de avião para sacanear o PT: “Esses caras são comunistas, estatizantes, gostam de pobre”. Ruço… E o nosso José Augusto Ribeiro assegura que a Guerra Fria voltou – agora não é mais atômica, como a de antes, mas comercial. Como o cartaz “Lula Livre”, do Hélio de Almeida, fez tanto sucesso, conseguimos mais um de presente dele, para sortear hoje entre os colaboradores.

Notícias relacionadas

Qué pasa?
Fala Lula!