Brasil

Manifestações contra a reforma da Previdência acontecem em todo país

Após as prisões de Temer, Moreira Franco e coronel Lima, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, declarou que fará ‘nova política’ e que agora cabe a Bolsonaro obter votos para a Previdência. Para o vice-presidente Hamilton Mourão, as prisões criam ‘ruído’ para Previdência. É nesse clima que acontecem em todo o Brasil manifestações contrárias à reforma de Guedes e Bolsonaro. Veja as imagens.

Todos os estados do país e o Distrito Federal têm nesta sexta-feira (22) manifestações para o Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência, em resposta à proposta de reforma apresentada pelo governo de Jair Bolsonaro. Ao todo, atos, panfletagens e outras ações contra a retirada de direitos dos trabalhadores mais pobres ocorrem em 78 cidades brasileiras.

As manifestações acontecem um dia depois das prisões de Michel Temer, seu ex-ministro Moreira Franco e coronel Lima. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, aliado de Temer e genro de Moreira Franco, afirmou que “o papel de articulação do executivo com o parlamento nunca foi e nunca será do presidente da Câmara”.

Na avaliação do vice-presidente Hamilton Mourão a prisão de Temer cria ‘ruído’ para Previdência e base gera preocupação. O governo tem “preocupação total” em garantir a base necessária para aprovação da proposta, afirmou Mourão.

Acompanhe aqui todas as manifestações contra a reforma no Brasil:

Notícias relacionadas